Resultado de eleição do Conselho Tutelar em Custódia é questionado na Justiça

12/10/2019 - Postado por Eugênio Menezes 12

Por Juliano Oliveira

Diante das irregularidades constatadas no processo de votação para a escolha dos Conselheiros Tutelares 2020/2023 de Custódia, realizada no domingo (06), os candidatos não eleitos, entraram nesta quinta-feira (10) com uma ação de impugnação no Ministério Público para anular o pleito.

Os candidatos têm em mãos uma série de provas que atestam ilegalidades na condução do pleito.

Os candidatos entraram com ação de impugnação do pleito devido as ocorrências dos fatos, que geraram transtornos aos eleitores e candidatos estes elencados e justificados na ação.

Diário Político Custodiense

Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.